História do DAFA

Em 1950  na 1º Congresso de Evangelizadores da Infância, realiza-se nos dias  13 e 14 de maio de 1950, nesta oportunidade o presidente da Federação, Cel. Hélio de Castro, em seu discurso de abertura fala do valor da Educação como melhoria do indivíduo e elemento propulsor do progresso e da felicidade sócias, lembrando também da responsabilidade dos pais na educação dos filhos. Neste evento,  a professora e evangelizadora Alcina Taborda Garcia apresentou o tema:”Contribuição ao Problema da Evangelização dos lares”. Ao término da Convenção uma das conclusões foi recomendar o trabalho de Evangelização dos Lares, visando a transformação moral do ambiente em que vive a criança.

No 2º Congresso Espírita do Rio Grande do Sul, realizado em 3 de outubro de 1951, que teve como tema “Educação e Redenção”, foi apresentada a tese “Evangelização dos Lares”, de autoria dos professores Cecília Rocha, Alba Saucedo, Dináh Fagundes e Hélio Burmeister, que também foi seu relator. A tese desenvolveu idéias que nortearam o trabalho junto aos lares do movimento federativo.

A tarefa começou com as visitas aos lares e a Sociedade Espírita Paz e Amor, da Capital foi a primeira a iniciar este trabalho que hoje é realizado em todo o Estado, sob a coordenação do Departamento de Assuntos da família(DAFA).

Após um período amadurecimento da idéia da importância da evangelização da Família, surge  na Federação Espírita do Rio Grande do Sul o “Setor dos Lares”, vinculado ao Departamento de Evangelização, incentivando o Evangelho no Lar através das Caravanas de Visitação aos Lares, campanhas e palestras.

Sob a coordenação de Alba Saucedo, o Setor dos Lares, realizou Encontro de Pais na capital e interior levando aos lares as premissas da Boa Nova de Jesus, com o objetivo de evangelizar as relações familiares. Os evangelizadores das criaças e jovens estavam também comprometidos nesta atividade, contribuindo para um mundo melhor. Os irmãos Alba Saucedo, Wanda da Silva Chagas, José Simão de Mattos, Eunice Leite e Silva, Cecília Rocha e Cícero Marcos Teixeira contribuíram excepcionalmente para a implantação do departamento que atendesse á família.
Na década de 70, o Setor dos Lares além de realizar vários Encontros de Pais, voltou-se para Encontros de Caravaneiros de Visitação aos Lares, buscando a normatização do trabalho. No Encontro realizado em 1971 foram criadas “as normas para o trabalho das caravanas” que até hoje sevem de orientação aos trabalhadores.

Em 1984 com a reestruturação administrativa da FERGS o antigo Setor de Lares foi desvinculado do Departamento de Evangelização e estrutura-se o Departamento de Assuntos da Família, com importantes tarefas a desenvolver na área familiar. A direção do Departamento foi entregue inicialmente a Cândida Domingues Fonseca que incentivou as atividades de promover o “Estudo da Doutrina Espírita no Lar”, na realização do Evangelho no lar e a prece em família.

O Departamento de Assuntos da família ou como é conhecido, DAFA, tem como objetivo geral valorizar a função Educadora e regeneradora da família, através do programa de orientação e evangelização, conscientizando os pais dos compromissos morais e espirituais para com seus filhos, favorecendo a reflexão dos porquês de vivenciamos as relações familiares.

A partir de 1984 o Departamento intensifica a campanha de conscientização do movimento espírita do estado para o trabalho organizado, endereçado a família e para que todo o Centro Espírita tenha um DAFA em funcionamento. Foram então estabelecidas as seguintes metas de traabalho: Criação na sociedades espíritas de um Ciclo de Pais, Campanha Permanente de Evangelho do Lar e das Caravanas de Visitação aos Lares, envolvendo as famílias das crianças e jovens da evangelização e também um trabalho permanente ao Idoso, cujas as metas estão inseridas no opúsculo ”Idéias básicas para a Organização do Departamento de Assuntos da Família”. A partir de 1989 o DAFA/FERGS começa a desenvolver atividades nos três setores: Setor de Pais, Setor do Idoso e Setor dos Lares, quando são elaborados roteiros de para trabalhar no Departamento.

O DAFA continua a partir de 1990 a divulgar a importância do Departamento estruturado, auxiliando em sua organização, relacionando 60 obras espíritas que tratam do tema “família”. Além de sugestões de assuntos a serem desenvolvidos. Em 1995 as ações são voltadas para a formação e qualificação do trabalhador do DAFA; são realizados encontros, jornadas e reuniões de trabalho, buscando orientar a tarefa.

O Projeto de Prevenção ao Uso Abusivo de Drogas, cujos encontros realizados entre 06/08 a 22/10  de 1996, com profissionais que atuam na área da “dependência química”, foi oferecido a todos os trabalhadores dos centros espíritas, buscando esclarecer e normatizar as atividades nesta área de atuação dos centros. A partir desse Projeto o DAFA/FERGS torna-se membro efetivo do Fórum sobre Drogas organizado pelo Conselho Municipal de Entorpecentes (COMEN) e tem representante no Conselho Estadual de Entorpecente.  Neste contexto o DAFA acompanha ainda a Campanha Permanente de Valorização da Vida, intensificando esforços no campo de erradicação da Dependência Química, Aborto, Eutanásia, Violência Doméstica, Suicídio e Pena de Morte.

Em 28 de março de 1998 foi lançada a apostila “Estrutura, Organização e Funcionamento do DAFA, compilado por cooperadores do departamento do DAFA/FERGS, este possibilitou qualificar o trabalhador na área da família.

Hoje o Departamento de Assuntos da Família objetivando atender todas as etapas do desenvolvimento físico, psico, sócio e espiritual  do indivíduo oferece os: Setor de Pais e de Pais Gestantes,  Setor do Idoso e Setor do Evangelho no Lar nas Caravanas aos Lares e Instituições. Desta forma desempenhando um trabalho de evangelização da família, lançando sementes de esclarecimento e consolo ao coração de todos os que desfrutam as relações familia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s